De segunda à sexta das 8h às 18h
e Sábado das 9h às 13h.




23

Tudo sobre as placas Mercosul

foto focando a placa mercosul de faixa azul

As placas Mercosul são válidas em todo o Brasil desde janeiro de 2020. Elas vieram substituir as placas cinza, com identificação de cidade e estado, utilizadas desde os anos 1990. 

Com a mudança nas regras de emplacamento, viemos relembrar

 

Confira os detalhes! 

 

Porque a mudança de placas ocorreu

 

Em 2010, os países do Mercosul começaram a propor regras para facilitar a circulação de veículos uns dos outros em seus territórios. O projeto de lei ficou pronto em 2014, sendo aplicado desde 2016 em alguns países, e entrando em vigor em 2020 no Brasil

Com as novas placas Mercosul, além de facilitar a circulação, ficou mais fácil identificar veículos roubados que são levados para outros países. 

 

 Como funcionam as placas Mercosul?

 

Com o advento das placas, as informações sobre o veículo ficam disponíveis para todas as autoridades de trânsito do Mercosul e podem ser acessadas por meio de um QR Code presente na placa. Para verificar, você pode baixar o aplicativo VIO, ou se cadastrar no site do Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN).

As placas possuem a seguinte diferenciação de cores: 

 

 

As placas são vendidas por estampadoras e empresas credenciadas pelos Detrans. O valor não é tabelado, portanto você pode procurar a empresa que ofereça o melhor preço para você.

 

Quem precisa colocar as placas Mercosul no carro?

 

Nem todos os veículos precisam trocar as placas. Elas serão exigidas apenas nas seguintes situações: 

 

 

A troca voluntária de placa também é possível.

Entre em contato com o Detran do seu estado para saber mais.


EXERÇA SEU DIREITO DE DIRIGIR!
De segunda à sexta das 9h às 17h30 e Sábado das 9h às 13h.
Preencha o nosso formulário que entraremos em contato para falar da sua situação:

    CONTATO

    +55 11 2959.4508

    mtrans@mtrans.com.br

    R. Vinte e Quatro de Outubro, 328 Ipiranga - São Paulo Cep 04276-050

    Próximo ao metro Alto do Ipiranga (LINHA VERDE DO METRO) E Aquário de São Paulo.